PALESTRAS E ESTUDOS NOS CENTROS ESPÍRITA DE GARANHUNS


O Portal Garanhuns Espírita apresenta uma nova forma de divulgação das palestras e estudos dos Centros Espíritas de Garanhuns, com a agenda do google.
Você pode optar em ver por semana, mês ou compromissos (relação de todos os eventos)
Clicando no evento, você tem maiores informações.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Assisti a KARDEC, A HISTÓRIA POR TRÁS DO NOME

(Postagem do site de Cláudio Luciano)

Hoje fui assistir ao filme KARDEC, A HISTÓRIA POR TRÁS DO NOME

Não se preocupem: não vou dar spoiler aqui. 

É preciso louvar e aplaudir com veemência o Diretor Wagner de Assis e L.G. Bayão, que roteirizaram o filme e a própria direção de Wagner de Assis. 

A obra (de arte) é baseada no livro KARDEC, de Marcel Souto Maior. 

Eles conseguiram (esta é a minha impressão, nada isenta, diga-se de passagem) me tirar do século 21 e voltar ao século 19, fazendo-me rir (tem humor no filme, tá!), chorar e me arrepiar ao longo de uma hora e cinquenta minutos. 

A fotografia, cenários, figurinos, iluminação, sonoplastia e a atuação do elenco conseguiram me envolver de tal forma que o tempo passou rápido e, quando menos esperava, o filme terminou, deixando um gosto de quero mais! Até brinquei com minha esposa, que assistiu comigo: “Espero o Kardec II”. Tudo bem! Não virá, eu sei! 

Sinceramente, eu esperava mais fatos sobre a vida de Kardec, mas compreendo que o filme ficaria muito longo e correria o risco de ficar monótono! 

É claro que um famoso jornal de circulação nacional criticou o filme chamando-o de “panfletário” porque atrairia o público Espírita, para assistir ao filme do “criador” do Espiritismo. 

Minha opinião é a seguinte: a uma o crítico e outros que estão afirmando que o filme fala do criador do Espiritismo estão apenas equivocados no conceito de que Kardec o criou quando, na verdade, o codificou (1) e a duas, não posso levar a sério a crítica de um jornal que afirmou ser o blockbuster VINGADORES o filme mais chato do ano, quando, todos os que o assistem dizem o contrário. 

Mas é assim mesmo: crítico só serve para criticar. 

Alguns o fazem com sabedoria e outros nem tanto.

A prova é que há filmes odiados pela crítica e amados pelo público! 

No fim, valeu muito a pena o ingresso e já é certo que, quando sair o DVD, o comprarei. 

Na minha “isenta” avaliação: cinco estrelas, numa escala de cinco!






______________
(1) "Não é uma doutrina individual, nem de concepção humana; ninguém pode dizer-se seu criador. É fruto do ensino coletivo dos Espíritos, ensino a que preside o Espírito de Verdade"  - Allan Kardec, em A gênese os milagres e as predições segundo o Espiritismo - As predições, Capítulo XVII - Predições do Evangelho - Anunciação do Consolador, item 40



Nenhum comentário:

Postar um comentário